Fraldas de Pano: Como lavar

Continuando os posts sobre fralda de pano. Antes de tudo quero agradecer todas que comentaram e mandaram sugestões, vou atender a todas, foi demais ter esse feedback.
Hoje vou desmistificar (ou pelo menos tentar, hahaha) a lavagem e o polêmico cocô! Só um alerta, esse post foi feito baseado na minha experiência com fraldas de pano. Tem gente que lava de outros jeitos e isso não significa estar errado, ok?

Fraldas novas: Assim que elas chegam precisam ser lavadas, certo? Pode demorar (e geralmente demora mesmo) umas cinco lavagens até que o tecido da fralda perca aquela goma e nos proporcionar toda a sua absorção. Mas a gente pode (e deve) ir utilizando a fralda entre essas lavagens, só usar em casa e ficar preparada para os vazamentos se eles ocorrerem. 
Chegou a fraldinha, beleza. Se for só uma ou duas a gente lava na mão mesmo, com água e mais nada. Esmaga e não torce! Torcer pode danificar o impermeável da fralda e se isso acontecer, já era :/.
Se forem mais fraldas ou já estiver com fraldas de pano em uso usamos a máquina de lavar. Ciclo comum, não precisa de molho. Eu coloco dois enxagues para tirar bem os resíduos, mais que isso eu acho muito gasto de água, mas fica ao gosto de cada um. Mais de um é bom colocar sim! Se a maquina for só de fraldinhas novas, não precisa de sabão nenhum.

Fraldas só com xixi: Ao decorrer das trocar ir armazenando em um balde/pote, melhor se for tampado. Depois basta desmontá-las e colocar na máquina de lavar. Pulo do gato: usar pouco, muito pouco sabão mesmo. Eu uso detergente de louça, uma colher de sopa rasa para uma máquina cheia. Sabão em si não é muito legal porque pode impermeabilizar, uma alternativa boa também é o sabão de coco. Quando eu usava era umas duas colheres de chá para o nível alto. 
Não usar amaciantes e alvejantes. O que eu faço é no enxague colocar um pouco de vinagre, porque ele é um excelente bactericida. Tem pessoas que usam gotinhas de óleo de melaleuca. Pronto, depois disso é só pendurar.

Fraldas com cocô líquido (antes da introdução alimentar): Aí temos duas vertentes, as da que enxaguam e as da que não. Eu sou das que não fazia nada! Armazenava a fralda e quando ia lavar colocava direto na máquina com cocô e tudo.
A minha máquina não estragou, não fica com cheiro de cocô e saí tudo. As vezes fica manchadinho mas é só colocar pra secar direto no sol que sai.
Quem não quiser pode enxaguar a fralda e esmagar, depois desse processo armazenar com as outras.
Lembrando que antes de lavar tem que desmontar e abrir as fraldas. Depois de feito isso é só lavar no mesmo esquema acima.

Fraldas com cocô sólido: Depois da IA fica incrivelmente fácil lidar com a fralda suja. Porque o número de evacuações do bebê diminui e ele fica mais sólido. Basta virar ou raspar no vaso e depois fazer como as com xixi.

O polêmico: Tem gente que tem como empecilho de usar fralda de pano ter que lidar com as fraldas sujas. Mas cá pra nós que já somos mães, a maldita descartável VAZA! Seja pelas costas ou pelas  perninhas. Aí suja roupinha e as vezes muito mais, não é? Esse é o diferencial da fralda de pano, se ajustar ao corpinho de cada bebê. Se é pra lavar caca que seja na fralda, e não em todas as roupinhas lindas e fazer aquela sujeirada que a gente nem sabe por onde começar.

Dúvidas?

Espero que ajude mais uma vez!