Nossa primeira viagem a vacinolândia

 

Sim, o Davi com 4 meses ainda não havia tomado nenhuma vacina além daquelas da maternidade. Simplesmente porque foi com 2 meses que nós iniciamos o diagnóstico da APLV, então para uma coisa não confundir com a outra a indicação foi que a gente esperasse o Davi ficar estável para vacinar. Tudo pronto pra vacina e o Davi pega o seu primeiro resfriado (que ainda não contei, mas vou contar) tivemos que adiar um pouco. Davi curado, enfim chegou o tão esperado dia #sóquenão. O Combinado no domingo era levantar quando ele acordasse de manhã (isso é umas 7 horas, geralmente) evitar uma madrugada de reações. A mamãe aqui não funciona nenhum um pouco bem na madruga. Parece que o nosso beico aqui adivinhou e dormiu até as 9!!! Tava um fofo na maior preguiça de levantar. 
 
Preguicinha pra levantar!

 

Chegamos no postinho da trindade por indicação da Ana, mãe da Ísis. Só que comigo foi muito diferente do que ela falou. Deixei para o Davi mamar na hora da vacina (dica da nossa doula Cris) para que ele sentisse menos a picada por causa da liberação da endorfina, mas elas disseram que ele tinha que tomar na maca. Fiquei bem p* da cara, vontade de sair e ir em um posto particular, mas sabia que o Felipe iria  reprovar minha atitude, fiquei. Ele chorou, as lágrimas saíam dos seus olhinhos 4 agulhadas de uma só vez :( Mas eu fiquei ali forte, me surpreendi muito com isso. Saímos da sala e ele mamou um monte.
Bem agasalhados porque tava frio
Todo arrumado pra levar picadinha

Chegamos em casa ele tava bem manhosinho, chorava só quando a gente mexia na perninha. Aí veio o primeiro susto, vomitou tudo que mamou!! Fiquei mais atenta, mas ele parecia bem. Riu, conversou, só que ficava parado! Mal mexia os braços. De tarde o apetite dele baixou, eu fiz de tudo pra ele mamar, mas ele mamou bem pouco, mas ofereci picolé de LM ele quis. A tarde nosso pico de febre foi 37,9°C fizemos compressas todo o tempo. Ia baixando porém devagar, resolvemos dar um banho, baixou bem aí então ele dormiu. 

Cheirinho do papai
 
Picoléé!
 
O papai foi pra aula e ficamos nós, eu e ele pra travar essa batalha. Liguei para a pediatra só pra ter certeza até onde podíamos ir sem medicar. Ela foi bem firme em dizer pra segurar ao máximo porém se chegar em 38,5°C medicar. Munida de orientações, Davi mamou e dormiu, tomei um banho e comi, pronta pra febre. Ela veio 38.3 °C eram umas 11, fiz compressas de álcool, de água gelada, na virilha, embaixo dos braços e na testinha. Ele deu alguns ataques de choro, mas um colinho sempre ia bem. Foi incrível, ver meu filho como um filhote mesmo. Ele dormia cochilos e acordava pra mamar nos picos mais altos. Mamar também ajuda a baixar a febre, era o instinto do meu pequeno (que é mais aguçado que o meu) trabalhando em sua defesa. Meia noite peguei no sono, ele também. A intensão era que o Felipe ficasse nessa hora só monitorando e trocando a compressa mas quando ele chegou do futebol eu tava tão sonolenta que não consegui explicar isso a ele que acabou indo dormir porque tinha compromisso de trabalho logo cedo.
As 3 da manhã eu acordei com o choro dele, nossa vocês não fazem idéia do remorso que me deu por ter dormido. Temperatura 38,1 °C. Foi o período que ele mais chorou, mamou e quando o Felipe acordou demos um banho. Nossa baixou muito rápido o banho foi para 37,5°C. O Felipe foi dormir, o Davi mamou e dormiu. Eu fiquei na compressa até as 5 da manhã quando o termômetro marcou 36.9°C. Fiquei tão aliviada que postei no facebook! Fui dormir mais tranquila. As 7 ele acordou pra mamar 36,5°C só mamou e dormimos de novo. Senti ele tão exausto quanto eu. Dormimos até as 10, ele acordou super risonho e já mamou muito bem! Termômetro no 36°C . Vencemos mais essa!
 
Mãe, tem que tirar foto minha até com febre??

 

Santa compressa!

 

Minhas impressões:

Davi reagiu bem, achei que seria pior.
Na próxima vez não abro mão dele tomar a vacina mamando, nem que tenha que pagar por isso.
Também pretendo dar mais banhos, porque ele acalmou muito e foi bem mais efetivo contra a febre.
Quero me preparar melhor, deixar uma comida pronta (já que não podemos pedir nada), a casa mais organizada. 

E pretendo dormir mais no dia anterior e logo que voltar da vacina para me preparar para a madrugada.

Pretendo voltar amanhã, e colocar as coisas em dia. Tá acontecendo muita coisa boa!

Beijos!