O Sábado mais bonito da Cidade

Quero começar esse post indicando um vídeo lindo, feito por mães para mães. Uma iniciativa linda.

Nós queríamos muito ter participado e enviado nosso vídeo, mas eu estatava off. Me emocionei demais quando vi o vídeo.

E sábado era dia de Bazar coisas de mãe, estava planejado um bate-papo com a Dra Relva (Autora do Livro da Maternagem) e uma oficina Slingar e Dançar. Eu já fui algumas vezes no bazar, mas essa eu não poderia perder. Como domingo já estava reservado para uma ida nossa a Tijucas passar o dia das mães com a minha mãe e bisa do Davi. Institui que sábado seria do dia das mães da Laís, e já avisei os meninos por aqui o que eu pretendia fazer.
Acordei com meu maior e melhor presente do mundo querendo mamar. Logo depois o Felipe chega no quarto com um café da manhã no capricho! Delícia :) Tomei café e voltei a dormir mais um pouco com o Davi. O Felipe saiu para comprar os ingredientes do meu almoço surpresa e eu e o Davi brincamos, arrumamos as malas e testamos a nossa fralda de pano nova.

O meu almoço surpresa era fondue!!! Com direito a fondue de chocolate sem leite de vaca, colocamos a mesa na sacada e deu pra curtir o sol que estava lindo por sinal.
Saímos na maior correria para não perder o bate-papo. Porque EU PRECISAVA conhecer a Dra Thelma pessoalmente, eu ansiava por isso a semana toda. Pensa num adolescente conhecendo um ídolo, eu estava assim, eufórica! Chegando lá encontrei amigas mães e conheci outras. O Bate-papo foi simplesmente incrível, ela não era como eu imaginava era muito melhor. Falamos de cama compartilhada, sling, e o ponto alto foi a necessidade da vivencia em comunidade para que a criação com apego seja possível. Essas discussões, conhecer essas pessoas, essa forma de viver e a maternidade estão mudando a minha vida em todos os aspectos e me motivando a trilhar outros caminhos. No final teve sorteio de brindes, eu que NUNCA, NUNQUINHA ganhei nada em sorteios, ganhei uma caneca lindona da Pediatria Radical. Preciso dizer que amei? <3
Em seguida veio a oficina slingar e dançar, uma das sensações mais deliciosas que eu já experimentei na minha vida! Todos dançando, mães com bebês, gente sem bebê, um pai sem bebe (o Felipe) e um pai com uma menina maior, todos em círculo dançando. O Davi amou, dormiu como um anjo. Acabou já era fim do dia.
Entramos no carro pra vir para Tijucas e eu perguntei para o Felipe: Essa tarde de hoje também te fez acreditar num mundo melhor? Ele sorriu e disse sim.
Eu acredito num mundo melhor, acredito no poder de todas essas mães e pais que estão criando seus filhos com amor e muito "apego".  Espero que viver o suficiente para morar numa aldeia formanda por gente assim.
Obrigado ao me filho por ser o melhor presente recebi, obrigado ao Felipe pelo dia, obrigado ao Bazar Coisas de Mãe por me proporcionar essa experiência, obrigada a Dra Relva pela conversa e por me deixar mais certa de minhas escolhas.