Primavera e as alergias: como amenizar os sintomas

A primavera começou no dia 22 de setembro e apesar de ser considerada por muitos a estação mais bonita do ano, ela pode trazer alguns incômodos para as crianças predispostas a alergias.

O pólen das flores, aliado ao tempo seco, pode aumentar as crises de rinite e asma nessa época do ano. Também a poeira, fumaça de cigarros, inseticidas, cheiro de perfumes, tinta e poluição podem provocar alergias. As mais comuns são:

  • Conjuntivite: olhos vermelhos, coceira, irritação, lacrimejamento.
  • Rinite alérgica: espirros, nariz entupido, secreção clara, irritação e coceira.
  • Asma: falta de ar, tosse, chiado, cansaço.

É muito importante levar a criança ao pediatra para identificar o que causa a alergia para fazer o tratamento adequado. Você pode tomar algumas atitudes no seu dia a dia para amenizar os sintomas: a higienização da casa é bastante importante e deve ter uma atenção especial na primavera. A dica é optar pelo pano úmido no lugar vassoura ou espanador, que jogam a poeira no ar e usar aspirador de pó com filtros específicos. Outra dica: aproveite o sol para evitar fungos nos cômodos.

É ideal que o ambiente esteja bem arejado, porém, se a alergia for à pólen, é necessário manter as janelas fechadas nos períodos de maior concentração de pólen e utilizar ar condicionado com filtro específico, trocando quando recomendado. Por isso a importância de saber o motivo da alergia.

Também é necessária uma boa alimentação para a criança, com fibras, frutas e leguminosas e uma boa ingestão de líquidos para a hidratação: água, sucos, papinhas de frutas. Realizar a higiene da criança com soro fisiológico para o nariz e olhos ajuda a prevenir e tratar os sintomas.