Primeiro resfriado do Davi

Começou na segunda-feira, antes de sairmos para Curitiba o meu pai falou: Olha só ele aprendeu a tossir.
Todo mundo achou engraçado, mas na real era um resfriado que estava começando. Na terça ele já estava bem instalado, nariz entupido, rouquidão, pouco apetite, mas nada de febre. Ainda bem que o Felipe pensa como eu, evitamos ao máximo medicar sem real necessidade, principalmente depois de tudo que já passamos com a APLV.
O Felipe escreveu um e-mail para a pediatra que nos deixou com a receita de homeopatia. Mesmo assim passamos a terça só observado. O que mais me aborreceu foi que pro final do dia ele não queria mamar, e isso é ruim porque ele precisa de força para vencer a doença. No final do dia ele já estava aborrecido e cansadinho. Deu um acesso de choro, deu pra perceber que estava cansado. Entrei com ele no chuveiro e fizemos um sauninha, dormiu. Mas foi uma noite inquieta, a tosse aumentou. Passamos a semana em casa, cuidando, observando e ministrando a homeopatia. Ele não está ainda 100% , mas já melhorou muito. Aliás ele só teve a terça-feira bem ruim, nos outros dias foi evoluindo. Tivemos que ter muita paciência com ele porque ele estava precisando da nossa atenção, carinho...
Não medicamos mas tivemos muitos cuidados com ele, todos os dias trocamos todas as roupas de cama, colocamos as coisas para pegar sol, lavamos os brinquedos, demos vários banhos durante o dia para ele relaxar.

Enfim, o saldo foi muito positivo percebemos que foi SÓ um resfriado, que com os nossos cuidados está indo embora, sem precisarmos intervir com medicamentos.

Ah já curtiu a gente no Facebook? Então curte lá: http://www.facebook.com/noseodavi