Rehab do Davi dia 3

Pra quem ta por fora aqui e aqui eu conto como anda o tratamento.

Domingo a madrugada já foi chatinha, gazes, desconforto, se remexeu muito. Resumindo dormimos mal eu e ele. Acordou as 7:30 por aí pra mamar, meio inquieto, chorou um pouco e custou a dormir, mas foi relativamente tranquilo, foi pior porque eu tava com sono. As 9 acordou de novo, se remexia um monte, tinha feito um cocozão, vazou até na minha cama :/ tinha muco, saco. Mamou chorou bem forte, ficou uma meia hora de crise, custei a fazer ele dormir. Caímos no mesmo loop infinito fazer dormir, colocar na cama, acordar berreiro desesperado. Ficamos assim até umas 10 e meia. Finalmente dormiu e ficou na cama. A dinda veio ver ele, mas estava dormindo, ficamos conversando. Dai para nossa alegria, só que não, tocou um celular bem no quarto que ele tava dormindo, OBVIO que ele acordou. Mas ficou relativamente de boa. Ficou com a dinda, ela deu banho. Daí ele mamou e coisa ficou PUNK, tipo muito horrível. Voltaram os gritos desesperados, o choro apavorante. Nada acalmava ele, eu tava fraca, cansada, não conseguia mais embalar ele. Fiquei em pânico caí no pranto, virou casa de maluco, bebê chorando e mãe chorando. Fiquei sem forças passei ele pra minha mãe que conseguiu acalmar ele só as 14 que ele finalmente dormiu. Até as 17, acordou chorando já. Troquei, dei mamá e ele ficou calminho no colo da minha mãe. Resolvemos ir na casa da Tia Jose tomar café com a família, confesso que fiquei um pouco tensa. Essas crises dele me deixam com pânico de gente, não gosto quando ele começa a chorar assim nervoso na frente de outras pessoas, mas fui.
Chegando lá ele ficou no colo do dindo, da bisa, riu e tudo. Dai começou a ficar aborrecido, chorou um pouco e demorou a acalmar mas foi coisa de 20 minutos (muito melhor que as duas horas de crise antes). Dormiu no quarto da Tia Jose e eu fui tomar café. Depois chamei a Laura para espiar o Davi comigo, chegando lá SURPRESA ele tava acordado. Eu fiquei com medo dele chorar, mas foi muito legal! Ele e a Laura interagiram pela primeira vez (as outras vezes a Laura só viu ele dormindo) . Ela conversou com ele, ele ria muito pra ela, foi muito bom. Ficomos lá até umas 20 quando percebi que ele estava com sono, mas ele nem chorou. Chegamos em casa ele tomou banho, mamau e minha mãe fez ele dormir. Enfim eu pude relaxar um pouco e jogar uma canastra pra espairecer, o horário do meio-dia tinha sido super difícil pra mim, física e psicologicamente. Acordou a uma para mamar como de habitual mas logo já voltou a dormir.
O dia começou super difícil mas melhorou pro final!
Estou esperançosa!!! Obrigado a todos que estão acompanhando a gente e mandando coisas boas para nós, tem sido muito legal e muito bom saber que não estamos sozinhos nessa. Hoje vou entrar em contato com o médico, logo volto para contar mais novidades!