semana das mães

Ser mãe foi a melhor coisa que me aconteceu, sem dúvida alguma. Acho que por isso que eu estou aguardando ansiosamente o próximo domingo dia 12 de maio. Vai ser meu primeiro dia das mães como mãe de verdade. Já passei um com o Davi na barriga, mas acho que não conta, porque eu não sabia aliás eu não fazia ideia do que era ser mãe.
Então motivada por toda essa empolgação materna eu resolvi que vou fazer uma postagem por dia essa semana nem que seja de madrugada, tudo sobre um único assunto: mãe

Boa noite, até amanhã!!

Não deveria se chamar amor - Paulinho Moska

O amor que eu te tenho é um afeto tão novo
Que não deveria se chamar amor
De tão irreconhecível, tão desconhecido
Que não deveria se chamar amor

Poderia se chamar nuvem
Porque muda de formato a cada instante
Poderia se chamar tempo
Porque parece um filme a que nunca assisti antes

Poderia se chamar la-bi-rin-to
Porque sinto que não conseguirei escapulir
Poderia se chamar a u r or a
Pois vejo um novo dia que está por vir

Poderia se chamar abismo
Pois é certo que ele não tem fim
Poderia se chamar horizonte
Que parece linha reta mas sei que não é assim

O amor que eu te tenho é um afeto tão novo
Que não deveria se chamar amor
De tão irreconhecível, tão desconhecido
Que não deveria se chamar amor

Poderia se chamar primeiro beijo
Porque não lembro mais do meu passado
Poderia se chamar último adeus
Que meu antigo futuro foi abandonado

Poderia se chamar universo
Porque sei que não o conhecerei por inteiro
Poderia se chamar palavra louca
Que na verdade quer dizer: aventureiro

Poderia se chamar silêncio
Porque minha dor é calada e meu desejo é mudo

E poderia simplesmente não se chamar
Para não significar nada e dar sentido a tudo