Uma história

"Era uma vez uma menina, que como todas as crianças estudava em uma estudava em uma escola. Que como todas as escolas tinha uma aula de educação física, essa aula era quase sempre a mesma coisa um rodízio entre: futebol, vôlei e handebol. Meninas para um lado, meninos para outro. Duas vezes por semana tinha essa aula que para essa menina mas era quase uma tortura, já que ela não tinha nenhuma habilidade com a bola. Antes de começarem os jogos os times deveriam ser formados duas crianças, geralmente as mais habilidosas, escolhiam os times.  E ela sempre ficava para o final mas aquilo não a abalava, já que nos trabalhos em sala de aula sempre tinha alguém querendo ser do seu grupo: nota alta garantida. E ela cresceu acreditando que não servia para esportes, afinal ninguém é bom em tudo. Ela era em português, biologia, química, física, matemática, história, geografia, filosofia.
Fora da escola ela tinha algo que adorava e fazia super bem, nadar! Mas na escola era só com a bola mesmo, então ficou com aquele rótulo de não serve para esportes.
O tempo passou e ela cresceu, casou e teve um filho lindo. E sabe filho, quando a gente tem filhos sempre quer se tornar alguém melhor para eles. Um certo dia uma amiga muito querida convidou essa menina, que já era mulher, para fazer aulas de canoagem havaiana. Ela ficou morrendo de vontade de ir, já que essa sua amiga adorava tanto o esporte deveria set algo muito legal mesmo. Mesmo morrendo de vergonha ela foi e pra sua surpresa além de amar ela sentiu-se muito bem, nem lembrou do futebol na escola.

Meses depois já com mais confiança ela decidiu realizar um sonho. Sonho é assim Davi, uma coisa que a gente quer muito e vai alimentando em nosso coração, pode até parecer bobo para os outros mas pra gente é muito especial! Em uma bela terça-feira de sol ela deixou seu filho com o papai pegou a bicicleta e foi pedalando até a praia para sua primeira aula de surfe. Que para a surpresa dessa mulher foi um sucesso! Ela saiu do mar inteiramente feliz, realizada."